Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2017

Secretaria ensina cultivo de ervas para substituir o sal e reduzir o consumo de sódio

Imagem
Em comemoração ao Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial, em 26 de abril, a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo ensina a população a cultivar em casa ervas aromáticas que trazem sabor à comida e reduzem a necessidade de utilizar o sal
No Brasil, o consumo médio de sódio é de 7,4 gramas, mais do que o dobro da recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), de dois gramas por dia, quantidade presente em cinco gramas do sal de cozinha.

No livro digital “Sabores da Horta: do Plantio ao Prato”, que está disponível para download gratuito neste link, a equipe de nutricionistas da Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios (Codeagro), da Secretaria, orienta a população sobre os principais benefícios de ervas, raízes e pimentas, que podem auxiliar a reduzir o uso do sal. O livro ensina a fazer uma horta com materiais como garrafa pet e caixas e também traz receitas nutritivas e saborosas com os temperos.

De acordo com a nutricionista da…

Dúvidas frequentes nos consultórios ginecológicos

Imagem
Perguntas vão desde menstruação a sangramentos irregulares
O ginecologista e obstetra Domingos Mantelli enumerou as cinco perguntas mais frequentes que as mulheres fazem nos consultórios ginecológicos. As dúvidas perpassam assuntos como menstruação irregular, exames, gravidez, sangramentos e até métodos anticoncepcionais. Seguem os questionamentos e as breves respostas do especialista:
Qual é o período considerado correto para uma menstruação regular? R. A menstruação normal dura em média 25 a 35 dias regularmente.
O que os médicos buscam com o teste de papanicolau? R. Este exame é um dos mais eficientes para o rastreamento do câncer de colo uterino.
É possível engravidar quando está menstruada? R. Sim, é possível apesar de raro. Tem mulher que podem ovular as vezes duas vezes no mês, uma delas coincidindo com o período da menstruação e pode ocorrer a gravidez, apesar de ser um caso extremamente raro.
Namoro há muito tempo (ou sou casada). Preciso usar camisinha em todas as relações? R. O pres…
Imagem
Tradicionalmente, a Semana Santa é o período do ano em que o consumo de pescado tem um aumento significativo no Brasil. E para que você saboreie um bom peixe durante o feriado da Páscoa, a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, por meio do Instituto de Pesca (IP), preparou algumas dicas para a hora da compra, armazenamento e preparação do produto.

De acordo com Thaís Moron Machado, pesquisadora da Unidade Laboratorial de Referência em Tecnologia do Pescado do IP, a escolha do local onde será comprado o pescado é muito importante: o ambiente deve ser limpo e agradável. Peixe de qualidade tem odor fresco/marinho, cheiro ruim é sinal que já teve início o processo de deterioração.

O peixe pode ser oferecido à população na forma fresco (acondicionado em gelo) e na forma congelada. Na forma fresco, o pescado exposto deve estar envolto em gelo, para evitar sua deterioração. Os olhos do peixe fresco devem ser brilhantes e não devem estar fundos. Além disso, as guelras…

Doces e refrigerantes em excesso podem causar hiperatividade infantil

Imagem
Crianças que consomem alimentos em grande quantidade também podem ter ansiedade, diabetes, hipertensão, entre outras doenças
É comum que os pais se preocupem com a alimentação dos seus filhos, principalmente quando ainda são bem pequenos. Geralmente, tentam poupar ao máximo as crianças do consumo de doces e refrigerantes, pelo menos nos primeiros anos de vida. E não é para menos: os especialistas alertam para os problemas de saúde que esses alimentos podem causar se ingeridos em grande quantidade.
A Organização Mundial de Saúde (OMS) lançou recentemente um guia com recomendações de consumo de açúcar para adultos e crianças que indica que a quantidade de açúcar não ultrapasse 10% do consumo total de calorias ingeridas diariamente.
Rafaela Souza, nutricionista do Hapvida Saúde, alerta que o consumo excessivo de doces por crianças pode causar hiperatividade, ansiedade, dificuldade de concentração, irritabilidade, diabetes, hipertensão, entre outros males. Outro grande problema é a obesidade…

8 de Abril : Dia do Combate ao Câncer

Imagem
Amanhã: Dia do Combate ao Câncer - Cabelegria promove avaliações médicas e entrega de perucas gratuitas No próximo sábado, 8 de abril, é Dia do Combate ao Câncer e, como forma de conscientizar a população sobre a data, o Cabelegria, ONG que confecciona e doa gratuitamente perucas para pacientes com câncer, promoverá uma ação de entregas de perucas e avaliações gratuitas dermatológicas e odontológicas no Instituto Brugnera e Zanin, localizado em São Paulo. Além disso, o truck móvel da ONG estará lá estacionado, com seu camarim itinerante, entregando perucas para pacientes e recebendo mechas de cabelos das doadoras.  As atividades acontecerão das 10h às 14h, nas quais médicos e dentistas voluntários avaliarão as pessoas que por lá passarem e explicarão sobre os cuidados e prevenções necessárias.   Serviço Ações Cabelegria Dia do Combate ao Câncer Data: 8 de abril de 2017 Local: Instituto Brugnera e Zanin - IBZ Endereço: R. Groenlândia, 183 - Jardim América - São Paulo – SP
Sobre o Cabelegr…

Let’s Talk: Vamos Conversar!

Imagem
Depressão é tema de campanha para o  Dia Mundial da Saúde,  que acontece no dia 7 de abril de 2017

Segundo os dados da OMS, o Brasil é o país com maior prevalência de depressão da América Latina.
No Dia Mundial da Saúde de 2017, comemorado em 7 de abril, a Organização Mundial da Saúde (OMS) deu início a uma campanha sobre depressão, transtorno que pode afetar pessoas de qualquer idade em qualquer etapa da vida e levar a graves consequências. Com o lema “Let’s talk” (“Vamos conversar”, em português), a iniciativa reforça que existem formas de prevenir a depressão e também de tratá-la.
A depressão tem aumentado significativamente em todo o mundo.  Em 10 anos, de 2005 a 2015, esse número cresceu 18,4%. A prevalência do transtorno na população mundial é de 4,4%. Estima-se que cerca de 350 milhões de pessoas no mundo, de todas as idades, sofrem com esse transtorno. No Brasil, 5,8% da população sofre com esse problema, que afeta um total de 11,5 milhões de brasileiros. Segundo os dados da OMS, o…